maio 29, 2015

Crónicas da Inês #21







Memórias

Há uns meses vi o filme "The Giver - O Dador de Memórias" (2014) que conta com magníficas interpretações da tão grande Meryl Streep e do, também grande, Jeff Bridges. O filme é baseado num livro de Lois Lowry e conta a história de um mundo perfeito onde toda a gente é feliz. Porém, no que aparenta ser a comunidade perfeita, sem guerra, dor, sofrimento, diferenças ou escolhas, um rapaz é escolhido para aprender com um ancião os verdadeiros prazeres e dores do mundo "real".

Esse rapaz de 18 anos, Jon, é escolhido para ser o Recebedor de Memórias da Comunidade. A formação com o ancião consistirá na passagem de recordações do mundo "real" às quais o resto da comunidade não tem acesso. Do Dador de Memórias, Jon aprende os conceitos de amor e família mas, também, de dor, guerra e todas as verdades tristes que o mundo carrega. E, depois disso, é a história do filme, que deixo para cada um de vocês ver.

Na minha opinião, a principal lição que o filme nos dá é o lembrar-nos que, definitivamente, precisamos do mal para apreciar e dar valor ao bem. Mas, a verdade é que, se pensarmos, é a capacidade que o ser humano tem de esquecer acontecimentos ou atenuar sensações passadas que nos permite continuar a experienciar e a viver.

É o esquecer do sabor amargo de um amor não correspondido que nos permite voltar a apaixonarmo-nos. É o esquecer das dores do parto que faz com que uma mãe deseje e anseie ter mais filhos. É o esquecer da sensação de borboletas na barriga que nos faz querer apaixonar outra vez. É a memória longínqua da sensação de estar com os amigos que dá lugar à saudade e nos faz querer repetir esses momentos.

Vale para o bom e para o mau. Realmente este filme deixou-me a pensar sobre o peso que as memórias tem na definição do nosso futuro. E a importância que tem a forma como gerimos as nossas recordações. E como até podia ser bom se, à semelhança do que havia naquele mundo do filme onde as personagens viviam, às vezes, tivéssemos algo que nos ajudasse a esquecer e nos pudesse permitir contar com algo mais do que o tempo.

Imagem © Direitos reservados

maio 28, 2015

Este fim-de-semana- Concept Fashion Design

É já este fim-de-semana um conjunto de dois dias dedicados à moda, calçado, decoração, vestuário, alfaiataria, beleza, joalharia, gastronomia e vinicultura. O Concept Fashion Design é mais recente plataforma cultural que faz o encontro entre a moda, marcas de autor, fotografia, música e pintura. 

Deixo-vos o programa:
Morada: Calçada dos Lagares, 23
Horário: Das 14:00 às 23:00

Imagens © Direitos reservados

maio 25, 2015

Princípio da Semana #43

rup·tu·ra- Acto ou efeito de romper; Corte; Interrupção; Quebra de relações sociais ou afectivas; divisão; Anulação de obrigações sociais e compromissos; Acção de violar ou infringir um acordo e/ou contrato; Buraco ou abertura.

Palavra que dói. Provoca imediatamente um sentimento de dor em nós. Um sentimento negativo. É indiscutível que todos passamos por várias ao longo da vida, não há como fugir. As rupturas são o lado mais agreste da vida, sejam elas de que ordem for, pessoais, afectivas, amorosas ou até profissionais. Elas são necessárias, fazem parte da nossa própria condição de viver.

Mais tarde ou mais cedo todos passamos por rupturas e naturalmente as afectivas são as que doem mais. Romper com algo que faz parte de nós, da nossa vida, perder um sentimento, deixar de estar presente, de vivenciar, de dividir algo é dos processos mais dolorosos que podemos passar. É um luto que temos de fazer mesmo não sendo ele definitivo. Na altura é e quando se dá uma ruptura nada volta a ser como era. Pode até, mais tarde, vir a ser melhor, mas igual nunca é.

A ruptura, assim como vários outros processos de dor, é algo de muito nosso. É algo que vivemos muito intensamente, é uma dor para a qual não existe comprimidos que a curem, uma dor difícil de suportar, pois por um determinado espaço de tempo, existe 24h do dia em nós e por mais conselhos que nos possam dar de coisas para fazer no momento tudo parece ser em vão e tudo perde o significado. A ruptura ofusca-nos, faz-nos perder o norte, faz-nos sentir perdidos, sem chão. 

Mas (e como em tudo), um lado bom no meio de todo este conjunto de sentimentos (nada) positivos. A ruptura é dos processos que mais nos faz crescer. Da total cegueira, faz-nos ter total clareza. Faz-nos ver coisas como se calhar nunca as vimos antes. Faz-nos, obrigatoriamente, ter outra perspectiva. A ruptura faz-nos querer mudar. Faz-nos querer ser e fazer melhor. Apesar de má, que é, a dor da ruptura faz-nos crescer, torna-nos indiscutivelmente mais fortes e corajosos e cada vez mais aptos a enfrentar as dificuldades e complicações do dia-a-dia. Ensina-nos (ou relembra-nos), algo que nunca deveríamos esquecer- Que "hoje é o primeiro dia do resto das nossas vidas".

Imagem © Direitos reservados

maio 22, 2015

Abraços que fazem a diferença...

Hoje é o "Dia do Abraço". Um gesto por demasiado importante e que todos deveríamos praticar mais.

A Fundação Rui Osório de Castro, instituição de solidariedade social sem fins lucrativos que apoia a oncologia pediátrica nas áreas da informação e da investigação científica, promove a campanha “Um abraço pode fazer toda a diferença”. A campanha culmina hoje e tem como objectivo sensibilizar-nos para a área da oncologia pediátrica e angariar fundos que permitam à Fundação continuar a sua missão e a manutenção dos projectos que desenvolve. Assim e hoje a população nacional é convidada a contribuir para a causa através de um donativo monetário que promete abraçar e transmitir esperança a todas as crianças que sofrem de alguma forma de cancro. Também hoje, a Fundação Rui Osório de Castro assinala o "Dia do Abraço", de forma simbólica, promovendo a partilha do vídeo da campanha nas redes sociais com o objectivo de poder alcançar o maior número de pessoas que possam contribuir para a causa.

Para além desta partilha, podem fazer um donativo pontual ou regular através do Nib da Fundação (0036 0065 9910 0088 1974 9).



Imagem© Direitos reservados

maio 21, 2015

Concept Fashion Design

O fim-de-semana de 30 e 31 de Maio para os lados da Mouraria promete! São dois dias dedicados à moda, calçado, decoração, vestuário, alfaiataria, beleza, joalharia, gastronomia e vinicultura. O Concept Fashion Design é mais recente plataforma cultural que faz o encontro entre a moda, marcas de autor, fotografia, música e pintura. 

Desfiles, música, exposições, este será, sem dúvida, um fim-de-semana cultural no Mouraria Creative Hub, a mais recente incubadora de artes criativas no bairro da Mouraria. No final das tardes de Sábado e Domingo terão lugar os showcases de Andycode e Ana Cláudia, completados com a degustação de vinhos portugueses (Pouca Roupa e Pinhal da Torre).

Morada: Calçada dos Lagares, 23
Horário: Das 14:00 às 23:00

Imagens © Direitos reservados

maio 20, 2015

MIXA

Não fiquei surpreendida quando ontem na apresentação da nova marca de cuidados de corpo, no mercado português- Mixa, foi revelado que as portuguesas ainda não cuidam da pele do corpo como as restantes mulheres da Europa. Os motivos podem ser variados, mas a verdade é que os cuidados de corpo continuam a ser vistos como um gasto superfulo.

A pensar nesta mesma realidade, a marca número 1 em cuidados de corpo em França, criada na farmácia em 1924, oferece-nos cuidados testados em pele sensível sendo as suas fórmulas hipoalergénicas e adaptadas a todos os tipos de pele, até mesmo à pele delicada dos bebés. Mixa é uma marca acessível com uma oferta muito variada, adaptada a toda a família.

As fórmulas Mixa contêm um número limitado de ingredientes, reconhecidos pela sua óptima tolerância. Uma selecção de matérias- primas que minimizam o risco de alergias e com texturas adaptadas para proteger a pele do ressequimento. Com 3 gamas diferentes, a de hidratação, a especialista e a de bebé, e com preços que vão desde os 3,49€ aos 9,99€, a marca já pode ser encontrada, desde ontem, em todos os hiper e supermercados.

maio 19, 2015

Das EXCELENTES Iniciativas- "E se levasse o seu cão ao cinema por uma boa causa?"

A SOS Animal, a Animais de Rua, a Change for Animals Foundation, a LX Factory e a Alambique apresentam a primeira sessão solidária de cinema para cães e os seus "donos", no próximo dia 26 de Maio, pelas 21:00, na Fábrica LX (LX Factory), em Lisboa.

Com estreia marcada nos cinemas a 28 de Maio, o filme “Deus Branco”, de Kornél Mundruczó, foi apresentado no Festival de Cannes onde venceu a Dog Palm. Conto premonitório sobre as relações entre uma espécie superior e o seu inferior caído em desgraça, acompanha Lili, de 13 anos, e o seu cão Hagen, em Budapeste, após uma medida aparentemente inofensiva com vista a disciplinar a criação de cães. Favorecendo os cães com pedigree, as novas regras vão pouco a pouco impor multas às raças mistas e dar origem a uma série de acontecimentos extraordinários. Rapidamente, os donos começam a abandonar os seus rafeiros e os canis ficam sobrelotados. Face a esta lei cruel, Lili luta para salvar o Hagen.

Realizado sem efeitos especiais, o filme contou com a participação de 274 cães de canis húngaros que beneficiaram de um verdadeiro trabalho de treino para as filmagens. De acordo com o realizador, “trabalhar com cães foi uma experiência terapêutica. Foi um processo de rodagem onde tivemos de ser nós a ajustar-nos a eles e não ao contrário. É um exemplo notável da cooperação singular possível entre duas espécies.” Depois do fim da rodagem, um programa especial de adopção permitiu encontrar novos lares para todos os cães.

A venda de bilhetes será feita no próprio dia, no local de exibição, a partir das 20:00, e terá um custo de 5€. Cada bilhete permitirá a entrada de um cão, desde que o animal seja sociável (com pessoas e outros cães), que não tenha fobias ao escuro e a barulhos, e cujo tutor assegure que estará tranquilo na sala durante toda a exibição do filme (cerca de 2 horas). Serão disponibilizados também 50 bilhetes especiais, com um custo de 10€, que darão direito ao cartaz do filme.

As receitas da bilheteira revertem inteiramente para a SOS Animal, para a Animais de Rua e para a Change for Animals Foundation. Todas associações sem fins lucrativos com trabalho desenvolvido na protecção animal.

Trailer aqui.


Imagens © Direitos reservados
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Babi a Única © 2009-2014. All Rights Reserved | Powered by Blogger

Blog Design por Nitch Designs